Polícia Militar alerta para várias modalidades de golpe registrados esta semana na região

0

A Polícia Militar divulga um alerta à população para diferentes modalidades de golpes registrados nesta semana na região. As ocorrências das ações de estelionatários foram registradas em Patrocínio e Montes Carmelo, e a intenção dos militares é orientar a população, evitando que mais pessoas sejam lesadas pelos criminosos. 

Nesta quinta-feira (13), em Patrocínio, compareceu na sede do 46º BPM o solicitante, um homem de 47 anos, o qual relatou que no dia 10/08/2020, uma mulher desconhecida enviou mensagem para seu celular, chamando-o de meu amor, tendo esta mulher lhe enviado uma foto sensual. Que então a mulher também recebeu fotos íntimas e dados do solicitante.

Passado um tempo, um homem (com nome no aplicativo whatsapp “Comissário Abreu”), lhe enviou um vídeo mostrando um cenário, que seria uma sala de Delegacia de Polícia Civil, onde havia algumas armas e também um distintivo de chefe de polícia civil do estado Rio grande do Sul em cima de uma mesa. Próximo ao distintivo havia uma documentação, como se fosse um boletim de ocorrência, que continha os dados da vítima e também uma síntese do ocorrido.

O homem, passou a exigir dinheiro da vítima, dizendo que poderia prendê-lo por pedofilia, pois a mulher das conversas era uma adolescente de 13 anos de idade. Que iriam prendê-lo em Patrocínio e encaminhá-lo até a divisão Deca em Porto Alegre/RS.

A procurou orientação e nenhum valor foi pago ao indivíduo, registro para futuros fins.

  • Golpe do perfil falso, vítima envia “nudes” pelas redes sociais

– Os criminosos criam perfis falsos de mulheres jovens e atraentes e entram em contato com as vítimas pelas redes sociais. A mulher do perfil falso ganha a confiança da vítima, que normalmente passa a ter interesse amoroso e afetivo. Via de regra as vítimas são homens de meia idade. Após, a mulher envia fotos sensuais e convence a vítima a lhe enviar fotos íntimas.

– de posse de todos os dados da vítima, os criminosos utilizavam nomes e imagens de policiais para ludibriar as vítimas.

– a quadrilha então passa a extorquir as vítimas, alegando que elas estão praticando crimes como pedofilia e serão indiciados e presos, pois as fotos recebidas e enviadas eram para crianças.

– a Polícia Militar alerta para que a pessoa tenha cuidado em seus contatos nas redes sociais.

– não envie fotos nem dados pessoais a desconhecidos pois trata-se de golpes cada vez mais comuns.

– em hipótese alguma pague qualquer quantia aos golpistas.

Em casos suspeitos acione a Polícia Militar via 190 ou faça denúncias através do DDU 181

Também nesta quinta-feira em Patrocínio,  compareceu na sede do 46º BPM, a vítima, um homem de 55 anos, o qual relatou que recebeu um e-mail contendo 02 boletos em anexo e realizou o pagamento destes.

Segundo a vítima, realizou os pagamentos por estar aguardando os dois boletos no mesmo valor e em nome dos credores discriminados nos documentos, porém, descobriu que se tratava de um golpe, pois os boletos que recebeu eram falsos.

Que somente descobriu a situação porque começou a receber cobranças dos reais beneficiários. A Polícia Militar registrou o fato para futuras providências.

Já no município de Monte Carmelo, a PM registrou a ocorrência de uma vítima, uma mulher de 20 anos, quecompareceu na sede 157ª Cia PM e relatou que tentou fazer um financiamento pelo site “status financeira”, no qual havia um número de telefone (whatsapp) de número (11) 987071772.

A vítima fez contato com uma pessoa que se identificou como Sabrina Santos, sendo que esta exigiu que, para receber o valor do empréstimo, a vítima realizasse dois depósitos em duas contas diferentes. Que então a vítima efetuou os depósitos, um no valor R$ 700,00 (setecentos reais) e o outro no valor de R$390,00 (trezentos e noventa reais). Posteriormente a vítima percebeu que havia caído em um golpe.

Também em Monte Carmelo, a PM registrou o golpe do cheque falso. Na última terça-feira (11), a Polícia Militar foi acionada a comparecer em um Posto de Combustível, onde o gerente relatou que atendeu uma pessoa desconhecida, o qual solicitou que fosse colocado cem litros de óleo diesel em vasilhames na carroceria de uma caminhonete.

Que este também pediu um balde de óleo lubrificante e pagou a conta com uma folha de cheque do Banco do Brasil em nome de uma empresa da cidade, o qual já estava preenchido no valor de R$932,00 (novecentos e trinta e dois reais). Que o autor recebeu o troco da compra em dinheiro, no valor de R$259,10 (duzentos e cinquenta e nove reais e dez centavos), e evadiu tomando rumo ignorado.

Quando tentou fazer o depósito do numerário no banco, foi informado que se tratava de um falsificado. Que a empresa não emitiu o cheque e nem possui conta no Banco do Brasil. Foi verificado o sistema de câmeras de segurança do posto e constatado que o autor aparenta ter entre 25 e 30 anos de idade, é de cor clara, cabelo liso, estatura mediana, gordo e trajava calça jeans azul, camiseta cor rosada e calçado cor preta, com uma máscara de proteção cor branca no rosto.

O autor estava em um veículo Fiat Strada cor branca, o qual consta emplacamento na cidade de Tupaciquara/MG. Até o presente momento o autor não foi localizado.

A Polícia Militar alerta ao cidadão a ter cuidados e se manter seguro contra golpes aplicados através da utilização de serviços bancários

– cuidado com ligações e contatos de estranhos, não repasse de forma alguma dados pessoais e bancários a ninguém, mesmo se a pessoa afirmar que é do banco ou da operadora de cartão;

– cuidado também com o recebimento e repasse de informações via e-mail;

– o cartões bancários são de uso pessoal, não empreste o cartão a terceiros;

– nunca entregue seus os cartões a ninguém, os bancos ou operadoras não tomam os cartões dos clientes, mesmo se constatar que o cartão foi clonado;

– não abra e-mails de estranhos e confira junto aos credores as informações contidas nos boletos bancários.

– desconfie de ligações e contatos de pessoas solicitando informações como número de cartões e de senhas, os bancos não fazem contanto com os clientes solicitando essas informações;

– em caso de constatação que o cartão foi clonado, faça o bloqueio do cartão através dos serviços de atendimento ao cliente dos bancos e procure a Polícia Militar para o registro da ocorrência;

– cuidado ao receber cheque, não aceite o documento preenchido previamente, confira os dados do documento, a assinatura e consulte o cheque nos serviços de proteção de crédito antes de aceita-lo.

– nunca deposite qualquer valor em contas de pessoas estranhas.

– a ambição desmedida do lucro fácil favorece a ação dos vigaristas. não se deixe levar por ofertas fabulosas e de lucro fácil

Em casos suspeitos acione a Polícia Militar via 190 ou faça denúncias através do DDU 181

Campartilhe.

Deixe Um Comentário

Facebook login by WP-FB-AutoConnect